Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    https://www.youtube.com/watch?v=8DGQctwfNRo

  • Anónimo

    MUITO INTERESSANTE!

  • Anónimo

    Agir de forma realista, e esperar que o tempo reve...


Notas




Visitas

Flag Counter by Stats4U Show Stats for this Counter



O animal que é capaz de viver até 11 mil anos

Domingo, 31.07.16

Atualmente, a expectativa de vida média global para alguém que nasceu em 2015 é de 71,4 anos. O que não é nada, quando comparado com o Homem na antiguidade que chegava a viver centenas de anos. Porém, isso não é nada perto de alguns animais da fauna do nosso planeta. Mas qual seria a lista dos animais que mais tempo vivem?

Entre os que caminham sobre a superfície da Terra, está a tartaruga-gigante. Uma em especial, nomeada como Jonathan e pertencente ao governador da ilha de St. Helena, oeste da África Ocidental, já ostenta 183 anos de vida. Já no céu, um pássaro selvagem conhecido como mais antigo do mundo é um Albatroz-de-Laysan (espécie Phoebastria immutabilis), com 65 anos de idade, que intriga os cientistas até hoje, já que sua espécie é cotada para viver até os 40 anos. No Brasil há uma arara, que poderá ter quase 70 anos. Isto porém só demonstra como o ser humano conhece mal o planeta onde vive.

O próximo da lista é o Kakapo (Strigops habroptilus), um papagaio nativo da Nova Zelândia e que está em perigo de extinção. Ele é capaz de viver até 60 anos, mas existem menos de 100 exemplares vivendo no planeta. É o único papagaio noturno do mundo e que não voa, além de ter cheiro natural de mel com rosas.

No mar, a história é outra. Ali são esperadas as maiores quantidades de “Matusaléns”, a começar por alguns peixes de águas profundas, como o peixe-relógio (Hoplostethus atlanticus) que pode viver até os 175 anos.

Depois, temos a gigante Baleia-da-Groelândia (Balaena mysticetus), que é capaz de viver por mais de 200 anos. Devido ao ambiente polar em que vive, seu metabolismo funciona de forma mais lenta causando menos danos aos tecidos.

O próximo da lista é o Ming, um molusco bivalve islandês (Arctica islandica), que morreu com a idade de 507, quando um grupo de pesquisadores tentaram abri-lo para estudar detalhadamente seu corpo. Em média, o tempo de vida da espécie é de cerca de 225 anos. Estupidamente os pesquisadores ainda têm o péssimo hábito de matar seres vivos para depois analisar cadáveres, como se um cadáver pudesse alguma vez ser um ser vivo. Aqui fica bem patente como o ser humano ainda tem uma longa evolução pela frente!

Por fim, temos as esponjas, que muitas pessoas esquecem que são animais. Elas possuem uma expectativa de vida especialmente grande, que varia entre milhares de anos. Um estudo publicado numa revista, sugeriu que uma esponja do mar ,  da espécie Monorhaphis chuni, pode viver até 11.000 anos. Há ainda outras espécies de seres vivos que têm uma longa vida.

 

Fonte:

Texto adaptado do Jornal Ciência

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos







Pág. 1/20