Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens


Comentários recentes

  • Ciêncianazis

    Eu já não me interesso mais pela ciência atual com...

  • Arrefecimento GLOBAL

    O passado mês de agosto e também este mês foram do...

  • joão

    Fan...tástico. Mais barato ....e sem cheiro(s)João


Notas




Visitas

Flag Counter by Stats4U Show Stats for this Counter

Blogsportugal



Atlântida: A Cidade Perdida de Platão, terá ele razão ? Documentário (Vídeo)

Quinta-feira, 29.06.17

A procura da Atlântida, levou os pesquisadores desde a Grécia, passando por Malta, Sardenha, Gibraltar, Espanha e Açores. 

Os Açores, segundo as provas, já haviam sido povoadas há milhares de anos, pelos romanos.

A História vai ter de ser toda revista, o que nos contaram na escola não corresponde à realidade.

La relación de la Atlántida con la tierra huecaFoto: esnoticia.co

 

Foto: ainanas.com

 

 

Temas relacionados:

ARQUEOLOGIA PROIBIDA: FÓSSIL DE UM MARTELO DE FERRO (VÍDEOS)

CHINA: TUBO COM 150.000 ANOS ENCONTRADO DEBAIXO DE UMA PIRÂMIDE

MEGALÍTICO: ROCHA DIVIDIDA COM RAIO LASER? (VÍDEO)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 07:12

A água é de todos


2 comentários

De joao a 29.06.2017 às 16:24

Atlântida, um tema tão intrigante como fascinante. Muita tinta ainda por escrever mas que temos de reescrever a historia é mais que certo.

De A ciência de hoje é uma treta a 30.06.2017 às 07:12

Na idade média, as pessoas acreditavam que a Terra era plana, porque elas tinham ao menos a evidência de seus sentidos; nós acreditamos que ela é redonda não porque um por cento de nós pudesse dar as razões científicas para uma crença tão fantástica, mas porque a ciência moderna nos convenceu de que nada que é óbvio é verdadeiro, e que tudo que é mágico, improvável, extraordinário, gigantesco, microscópico, cruel ou excessivo é científico.

(George Bernard Shaw)

Comentar post