Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens


Comentários recentes

  • Anónimo

    MUITO INTERESSANTE!

  • Anónimo

    Agir de forma realista, e esperar que o tempo reve...

  • Anónimo

    Desde que a ajuda não tenha motivos escondidos.......


Notas




Visitas

Flag Counter by Stats4U Show Stats for this Counter



Justiça: A diferença entre a humana e a divina

Sexta-feira, 21.07.17

"É possível escapar à justiça humana, mas é impossível escapar à justiça divina. Porquê? Porque estas duas formas de justiça não são da mesma natureza. A justiça divina pode não atingir exteriormente os humanos, mas atinge-os interiormente. Há criminosos que conseguiram escapar sempre à justiça humana, mas, interiormente, estão a periclitar: a sua saúde, o seu estado psíquico, tudo se degrada. Aparentemente, certos elementos ainda se mantêm, mas, pouco a pouco, eles irão esboroar-se, pois é o lado interior que alimenta o edifício, que o sustenta; e, se o interior se desmorona, o exterior também se desmoronará um dia. É assim que se manifesta a justiça divina. E, mesmo que não sejam imediatamente visíveis, as suas sanções são instantâneas: no momento em que o homem comete uma transgressão, alguma coisa se obscurece, se desarranja nele. Mesmo que esta degradação só apareça exteriormente ao fim de alguns anos, interiormente ela já começou."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos