Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens


Comentários recentes

  • Anónimo

    MUITO INTERESSANTE!

  • Anónimo

    Agir de forma realista, e esperar que o tempo reve...

  • Anónimo

    Desde que a ajuda não tenha motivos escondidos.......


Notas




Visitas

Flag Counter by Stats4U Show Stats for this Counter



Restos de "gigante" descobertos no Irão

Terça-feira, 14.02.17

Arqueólogos encontraram, no oeste do Irão/Irã, um tesouro com antigos artefactos junto com os restos de um homem extremamente alto que viveu há pelo menos 1.500 anos.

Durante escavações na província iraniana de Lorestan, os arqueólogos encontraram um grande número de artefactos históricos importantes datados de milhares de anos.

 

A descoberta mais surpreendente são os restos de um homem muito alto, com 2 m de altura, que viveu durante o Império Sassânida (224d.C. — 651d.C.), o qual foi conquistado pelo Califado Islâmico.

 

Os arqueólogos também encontraram artefactos datados das épocas do Império Aquemênida, que existiu entre aproximadamente 550 a.C. e 330 a.C., e do Império Parta (250 a.C. — 224 d.C.).

"Durante escavações recentes em Chia Sabz, na província de Lorestan, nós encontramos objectos datados do Império Aquemênida", declarou a chefe do grupo arqueológico, Ata Hasanpour, à agência de notícias.

Os objectos encontrados da época do Império Aquemênida, que é também conhecido como Primeiro Império Persa, são pratos, tigelas de cerâmica, vasos pintados, ornamentos e moedas estampados e ferramentas de pedra. Além disso, estes são os primeiros artefactos desse período encontrados na província.

"No norte de Chia Sabz, nós encontramos o túmulo de um homem idoso. Ele é constituído por quatro paredes cobertas com uma grande laje de pedra", acrescentou.

Nos últimos dias de escavações, nós conseguimos encontrar um armazém com dois recipientes para armazenar comida. O conteúdo dos recipientes foi enviado ao laboratório para posterior investigação", afirmou.

Durante as escavações, os arqueólogos também descobriram duas colunas que, na opinião deles, formavam parte de uma antiga sala cerimonial.

 

Temas relacionados:

ADN DOS PARACAS REVELA QUE NÃO SÃO HUMANOS

MACHU PICCHU: OBRA DE ENGENHARIA

MISTERIOSO: EM OSTSTEIERMARK AS GRUTAS FORAM ESCAVADAS HÁ 10.000 ANOS...POR MÁQUINAS

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos