Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens


Comentários recentes


Notas




Visitas

Flag Counter by Stats4U Show Stats for this Counter



Capital russa, a primeira da Europa a proibir o cultivo e introdução de alimentos OGM

Terça-feira, 15.09.15

 

 

 

 Talvez seja esse um dos principais motivos do ocidente impor sanções contra o cidadão russo. 

É oficial, desde 2014 – Rússia bane completamente os produtos OGM

O primeiro-ministro, Dmitry Medvedev, anunciou recentemente que a Rússia não vai importar mais produtos transgénicos, afirmando que a nação tem espaço e recursos suficientes para a produção de alimentos orgânicos.

 Se os norte-americanos gostam de comer produtos OGM, que os comam. Nós não precisamos de fazer isso; temos espaço suficiente e oportunidades para a produção de alimentos orgânicos “. Medvedev

A Rússia há já bastante tempo tem considerado entrar para a longa lista (que continua a crecser) dos países anti-OGM. Fá-lo depois de um grupo de cientistas russos ter exortado o governo a considerar pelo menos uma moratória de 10 anos sobre os OGM para  estudarem cuidadosamente a sua influência sobre a saúde humana.

“É necessário banir os OGM, impor uma moratória por 10 anos. Enquanto os OGM forem proibidos, podemos planear experiências, testes, ou talvez desenvolver novos métodos de pesquisa. Tem sido provado não só na Rússia, mas em muitos outros países do mundo, que os OGM são perigosos. Os métodos de obtenção dos OGM não são perfeitos, portanto, nesta fase, todos os OGM são perigosos. Consumo e utilização de OGM obtidos de tal forma podem gerar tumores, câncer e obesidade entre os animais. Bio tecnologias certamente devem ser desenvolvidas, mas os OGM devem ser interrompidos. Devemos parar a sua propagação.” – Irina Ermakova, VP da Associação Nacional da Rússia para a Segurança Genética.

 

Vários cientistas por tudo o mundo têm delineado claramente os perigos potenciais associados ao consumo de OGM. Eu, recentemente, publiquei um artigo intitulado “10 Estudos científicos que comprovam que o OGM pode ser prejudicial à saúde humana”, pode-o consultar na integra aqui. São apenas uma selecção das centenas de estudos que estão agora disponíveis ao domínio público, e que parece continuarem a surgir.

A Rússia proíbe completamente os OGM. Uma nação grande e desenvolvida é um grande passo em frente na criação de uma maior consciência no que diz respeito ao OGM. Pergunte a si mesmo, o porquê de tantas nações proibiram os OGM e os pesticidas que os acompanham? É porque a evidência aponta para o facto de  eles não serem seguros, eles são jovens, e nós simplesmente não sabemos o suficiente sobre eles para os consumirmos com segurança. Eles simplesmente não são necessários, então porquê produzi-los?

Nos último últimos anos, a consciencialização sobre os OGM disparou. O activismo tem desempenhado um grande papel no despertar de uma grande parcela da população no que diz respeito a este assunto. As pessoas estão a começar com perguntas e procuram respostas. Ao fazê-lo, todos nós estamos a chegar à mesma conclusão que a Rússia recentemente chegou.

Em Fevereiro, o estado de Duma introduziu uma lei que proíbe o cultivo de produtos alimentares transgénicos. O Presidente Putin ordenou que os cidadãos russos sejam protegidos dos OGM. O Departamento da Agricultura apoiou a recomendação da proibição do parlamento russo, e a resolução entrará em pleno vigor em Julho de 2014.

Isso só serve para mostrar o que podemos fazer quando nos unimos, quando exigimos mudança e compartilhamos informações à  escala global. A mudança está a acontecer, e nós a cada dia, acordamos para os novos conceitos da nossa realidade. Os OGM são apenas o começo, temos muitas coisas para irradiar do nosso planeta pois são claramente desnecessários. Todos nós estamos a começar ver através das falsas justificações para a necessidade de OGM, já não somos tão facilmente persuadidos, já não podemos acreditamos em tudo o que ouvimos e em tudo que nos é apresentado. Vamos continuar assim!

 

Enquanto isso, os países ibéricos são os países da Eurásia que mais produzem e consomem produtos OGM. Por exemplo o milho da Monsanto que foi proibido em França é consumido em Espanha e Portugal. Até quando esse mísero estado?

 

Fontes: 

exame

galaxiengesundheitsrat

gazeta russa

wordpress

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos


7 comentários

De Alexandre Silva a 21.09.2015 às 12:58

Boa. Mais países deveriam seguir esse bom exemplo. Portugal deveria já amanhã seguir essa política para defender os interesses de Portugal e dos portugueses, todos os OGM deviam ser proibidos, todos.

De José T. Gonçalves a 11.10.2015 às 18:09

Começo a perceber a histeria ocidental quando os média começam a falar do sr. Pútim ou da Rússia. Claro que não gostam dele porque ele entende proteger o seu povo russo dos tóxicos agro-industriais, ao contrário dos velhacos ocidentais e portugueses que só pensam engordar banqueiros e multinacionais. O sr. Pútim bem poderia ser o novo presidente desta caótica e violentada UE e até de Portugal, em vez do Escavacado e Lebre e do mafioso Durão, se Pútim fosse o nosso presidente eu até dava 10 euros de bom agrado para os impostos. Mas com os actuais mafiosos das finanças não sei se Pútim iria querer governar este ninho de víboras.

De Maria José a 27.01.2016 às 22:18

E para quando a mesma lei sobre os biológicos para Portugal?
Enquanto a Rússia deixa de fora os transgénicos e ogm Portugal continua a produzir e importar quase tudo ogm. Que enorme tristeza.

De INFOS a 07.02.2016 às 00:21

Setenta anos de assédio à classe política e ao povo da Europa
Andrey Fomin
Contrariamente às aparências, a decisão dos Estados Unidos de investigar uma possível ajuda russa a partidos anti-europeus não almeja proteger os europeus de interferência externa. Pelo contrário. Há 70 anos, Washington controla a política do oeste europeu proibindo toda e qualquer forma de democracia genuína.
http://www.voltairenet.org/article190180.html

De Rute Vieira a 07.05.2016 às 11:26

Ai como eu gostaria de ver o mesmo no meu país, que proibissem todos pesticidas e todos os OGM assim como os transgénicos.

De Samle Kuinz a 06.06.2016 às 02:06

http://www.noticiasnaturais.com/2014/09/russia-bane-a-importacao-e-a-producao-de-transgenicos/

O primeiro-ministro, Dmitry Medvedev, anunciou recentemente que a Rússia não vai importar mais produtos transgênicos.
“Se os americanos gostam de comer produtos transgênicos que os comam. Nós não precisamos de fazer isso; temos espaço suficiente e oportunidades para a produção de alimentos orgânicos “
A Rússia há já bastante tempo tem considerado entrar para a longa lista (que continua a crescer) dos países anti-transgênicos. O fez depois de um grupo de cientistas russos ter exortado o governo a considerar pelo menos uma moratória de 10 anos sobre os OGM (transgênicos) para estudarem cuidadosamente a sua influência sobre a saúde humana.
“É necessário banir os transgênicos e impor uma moratória por 10 anos. Enquanto os OGM forem proibidos, podemos planejar experiências, testes, ou talvez desenvolver novos métodos de pesquisa. Tem sido provado não só na Rússia, mas em muitos outros países do mundo, que os transgênicos são perigosos. Os métodos de obtenção dos OGM não são perfeitos, portanto, nesta fase, todos os OGM são perigosos. Consumo e utilização de OGM obtidos de tal forma podem gerar tumores, câncer e obesidade entre os animais. Biotecnologias certamente devem ser desenvolvidas, mas os OGM devem ser interrompidos. Devemos parar a sua propagação.” – Irina Ermakova, VP da Associação Nacional da Rússia para a Segurança Genética.
Vários cientistas por tudo o mundo têm delineado claramente os perigos potenciais associados ao consumo de transgênicos. Recentemente foi publicado um artigo intitulado “10 Estudos científicos que comprovam que o OGM pode ser prejudicial à saúde humana”, pode-o consultar na integra aqui. São apenas uma seleção das centenas de estudos que estão agora disponíveis no domínio público.
A Rússia proíbe completamente os OGM. Uma nação grande e desenvolvida é um grande passo em frente na criação de uma maior consciência no que diz respeito as transgênicos. Pergunte a si mesmo, porquê tantas nações proibiram os OGM e os pesticidas que os acompanham? É porque a evidência aponta para o fato de eles não serem seguros, eles são novos, e nós simplesmente não sabemos o suficiente sobre eles para os consumirmos com segurança. Eles simplesmente não são necessários, então porquê produzi-los?
Nos último últimos anos, a consciencialização sobre os transgênicos disparou. O ativismo tem desempenhado um grande papel no despertar de uma grande parcela da população no que diz respeito a este assunto. As pessoas estão começando a questionar e procuram respostas. Ao fazê-lo, todos nós estamos chegando na mesma conclusão que a Rússia recentemente chegou.
Em Fevereiro, o estado de Duma introduziu uma lei que proíbe o cultivo de produtos alimentares transgênicos. O Presidente Putin ordenou que os cidadãos russos sejam protegidos dos OGM. O States Agricultural Committee apoiou a recomendação da proibição do parlamento russo, e a resolução entrou em pleno vigor em Julho de 2014. Ainda mais recentemente vimos como os “Maias Derrotaram Monsanto na Guatemala“.
Isso só serve para mostrar o que podemos fazer quando nos unimos, quando exigimos mudança e compartilhamos informações à escala global. A mudança está a acontecer, e nós a cada dia, acordamos para os novos conceitos da nossa realidade. Os OGM são apenas o começo, temos muitas coisas para retirar do nosso planeta pois são claramente desnecessárias. Todos nós estamos começando a ver através das falsas justificativas para a necessidade de transgênicos, já não somos tão facilmente persuadidos, já não podemos acreditamos em tudo o que ouvimos e em tudo que nos é apresentado. Vamos continuar assim!

De Artur Ribeiro Telles a 19.07.2016 às 14:12

A Duma do Estado (câmara baixa do Parlamento russo) aprovou em junho passado um projeto de lei que proíbe cultivar plantas e criar animais geneticamente modificados no país. O governo também poderá proibir a entrada de produtos derivados de organismos geneticamente modificados caso seja comprovado seu impacto negativo sobre a saúde humana e o meio ambiente.

http://gazetarussa.com.br/economia/2016/07/06/russia-proibe-importacao-e-cultivo-de-organismos-geneticamente-modificados_609339

Comentar post