Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    Tão felizes mas a mulher fugiu para a Alemanha!

  • Anónimo

    www.paulownia.pt

  • Cátia Mendes

    Não é só na escola que continuam a ensinar o mapa ...


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

A solidão: Pode transformá-lo em um ser feliz

Segunda-feira, 14.03.16

 

Se traçarmos um mapa de sentimentos e situações, vamos perceber que para muitas pessoas a solidão e tristeza estão muito próximas. Esta proximidade não está apenas relacionada com a solidão em primeira pessoa, pois sentirmos pena de alguém que percebemos como isolado também é comum.

No entanto, nada está mais longe da realidade. A solidão só pode ser entendida como um fardo quando é imposta, quando a pessoa sente necessidade de ter um desejo de apoio social e não encontra. Essa solidão tem muito a ver com a necessidade de contar, falar e relatar a nossa história.

Por isso é um sentimento tão prejudicial nas pessoas mais velhas, elas sentem que têm acumulado uma sabedoria que necessitam transmitir de alguma maneira, e por isso são tão gratos quando simplesmente dedicam-lhes tempo. Porque a tristeza que acompanha a solidão imposta também tem muito a ver com o tempo e com a sensação de que não sejam, talvez, suficientemente valiosos para alguém.

No lado oposto está a solidão escolhida, a necessidade de se escapar o ruído social. A inquietude de tomar uma distância que nos dê clareza, como se perto víssemos um borrão. Este tipo de solidão é o que nos torna independentes e nos fornece os recursos para desfrutarmos e estarmos completos, dependendo unicamente de nós mesmos.

“A solidão é o destino de todos os grandes espíritos.” – Arthur Schopenhauer

Você pode fazer o que quiser, quando quiser
Se você é uma pessoa que ama a solidão e vive sozinho em casa, provavelmente está acostumado a ser a pessoa que mais se preocupa consigo mesmo. Talvez até mesmo coloque na balança as vantagens da solidão, ao invés de ter uma vida compartilhada.

Você pode amar a si mesmo antes de qualquer outro
Dizem que a solidão te ajuda a crescer como pessoa e conhecê-lo. No entanto, note que isso não vai acontecer se você mergulhar na frustração de não ser capaz de se livrar do sentimento, se você começar a procurar obsessivamente maneiras de escapar.

“Por que, geralmente evitamos a solidão? Porque são poucos os que encontram companhia consigo mesmos.” – Carlo Dossi

Se você aprender a amar-se, aceitar seus pontos fortes e fracos, e, finalmente, amar-se, estará no caminho certo para encontrar a felicidade real independente de ter ou não um relacionamento romântico. O relacionamento perfeito deve ser o que você tem consigo mesmo.

Cultivar as boas amizades

Quem diz que a solidão é sinónimo de ser isolado ou não ter amigos? Nada poderia estar mais longe da verdade! A solidão é a sua capacidade de viver o seu caminho e isso não está relacionado com ter bons amigos que te compreendam, amem e respeitem o seu estilo de vida e te façam feliz.

 

Para além disso, quando opta por ficar sozinho, é lhe dada a oportunidade de conhecer novas pessoas, pois começará a fazer novas actividades sem companhia. Pessoas que partilham seus gostos, certamente irão enriquecer sua vida. Elas vão fazer parte dessa nova lufada de ar fresco que entrará na sua vida!

 

Fontes:

La Mente es Maravillosa

O segredo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.