Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    musica da boahttps://www.youtube.com/watch?v=rSFfa...

  • Anónimo

    boa musica tradicional, natureza e harmoniahttps:/...

  • Anónimo

    interessante


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

O que determina a hora de dormir e acordar?

Sábado, 14.05.16

Muito mais do que o cansaço e o despertador, são o ambiente social e o relógio biológico que determinam quando uma pessoa vai dormir ou acorda. E há também fatores genéticos: uns precisam dormir menos que os outros.

As pessoas em Singapura e no Japão são as que menos dormem durante a noite, em média 7 horas e 24 minutos e 7 horas e 30 minutos, respectivamente. Os brasileiros, com 7 horas e 36 minutos, também estão entre os que têm o sono mais curto. Os alemães descansam um pouco mais: dormem em média 7 horas e 45 minutos por noite. Já os holandeses são os que mais dormem: 8 horas e 12 minutos.

A pesquisa foi feita a partir de um estudo de padrões, instalado nos smartphones de milhares de voluntários em 20 países e mostrou  que cada meia hora a mais ou a menos de sono tem grandes efeitos sobre o desempenho do cérebro e também sobre a saúde, no longo prazo.

Hora de dormir e de acordar

Ao analisar os padrões de sono de 5,5 mil voluntários, os pesquisadores puderam notar que a hora de dormir geralmente não é determinada pelo cansaço físico, mas pelo ambiente e por normas sociais. "Todas as informações indicam que é a sociedade que regula a hora de dormir, e o relógio biológico, a hora de acordar. E que ir dormir mais tarde leva à perda de horas dormidas", observou um dos autores da pesquisa, o matemático Daniel Forger.

Compromissos na parte da manhã, como trabalho, escola e cuidar das crianças, influenciam, mas não são os únicos fatores que levam uma pessoa a despertar. Segundo a pesquisa, o relógio biológico têm um efeito maior sobre a hora de levantar do que o despertador.

Além dele, há a predisposição genética de cada um – algumas pessoas precisam de poucas horas de sono, outras, de muitas – e o cronótipo de cada pessoa – algumas são madrugadoras, outras "rendem mais" de tarde ou à noite. Tais fatores também devem ser levados em conta, pois desempenham um papel importante para determinar a hora de domir, além das influências do meio social.

Sono afecta o desempenho

O estudo mostrou ainda que homens de meia idade são os que dormem menos, muitas vezes bem abaixo das 7 ou 8 horas recomendadas. Entre os 30 e os 60 anos, as mulheres dormem cerca de 30 minutos a mais do que os homens.

O estudo mostrou que a falta de sono pode reduzir significativamente o desempenho de uma pessoa.

Bastam alguns dias de sono atrasado para uma pessoa se sentir como se estivesse bêbada, no entanto, as pessoas fatigadas raramente percebem isso e exageram na hora de avaliar a sua disposição.

O objetivo inicial do estudo era ajudar as pessoas a lidar com os efeitos da fadiga causada pela mudança de fuso horário em viagens. Os participantes informam ao aplicativo sua localização, as horas em que deitam e acordam e quantos tempo ficaram em ambientes fechados ou ao ar livre.

 

Fontes:

dw

RC/dpa/ots

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

A água é de todos








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.