Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    Já conhecia essa localidade e continua a ser inter...

  • Anónimo

    Pois mas aquilo não é uma mulher mas sim uma gaja ...

  • Anónimo

    Também acho.


Notas





BPT



A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Machu Picchu: Obra de engenharia

Segunda-feira, 06.02.17

A grandeza da arquitectura inca em Machu Picchu explicada por engenheiros dla actualidade.

 

 

 

Machu Picchu também chamada "cidade perdida dos Incas", é uma cidade pré-colombiana bem conservada, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, no vale do rio Urubamba, atual Peru. Foi construída no século XV, sob as ordens de Pachacuti. O local é, provavelmente, o símbolo mais típico do Império Inca, quer devido à sua original localização e características geológicas, quer devido à sua descoberta tardia em 1911. Apenas cerca de 30% da cidade é de construção original, o restante foi reconstruído. As áreas reconstruídas são facilmente reconhecidas, pelo encaixe entre as pedras. A construção original é formada por pedras maiores, e com encaixes com pouco espaço entre as rochas.

 

 

 O nascimento e desenvolvimento das civilizações Inca, Maia e Azeteca estão envoltas de lenda e mistério. Com uma história e costumes claramente diferenciados das outras civilizações, estas culturas tornaram-se em grandes impérios de notável relevância, apesar de não utilizarem o ferro para a elaboração de objectos ou, no caso dos Incas, uma língua escrita, símbolos indiscutíveis de progresso e poder para outras culturas. Os Incas construíram um império enorme na escarpada paisagem andina, os Maias estabeleceram a sua grande comunidade nas grandes selvas da América Central, enquanto os Azetecas criaram o seu povoado numa ilha no meio de uma lagoa situada nas altas mesetas mexicanas. Estes povos criaram civilizações recorrendo às características naturais das suas terras, desenvolvendo também progressos impressionantes no campo da engenharia, escultura, agricultura, astronomia ou matemáticas. O Odisseia mergulha na história das culturas anteriores a Cristóvão Colombo através dos últimos achados surgidos de escavações recentes realizadas nas zonas habitadas por ambas as civilizações há séculos atrás, além de animações e gráficos criados por computador. Acompanhem-nos nesta viagem no tempo, na qual iremos revelar alguns dos mistérios melhor guardados destas três brilhantes e exóticas civilizações.

 

 

Temas relacionados:

MARAVILHAS MUNDIAIS: VISITAR O LAGO BAICAL

LINDOS LOCAIS

CHINA: A FLORESTA DE PEDRA

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.