Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens


Comentários recentes

  • Anónimo

    Curioso é a Holanda ficar na mesma.

  • Anónimo

    A ciência virou anedota total pois ela não acerta ...

  • Anónimo

    Já conhecia essa localidade e continua a ser inter...


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

2018: Declaração Política de Marraquexe e suas implicações na Europa

Segunda-feira, 16.07.18

Portugal na liderança do novo plano para as migrações Europa-África!!!

De journalistenwatch

 

"O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que representou Portugal na Conferência Ministerial Euro-africana sobre Migração e Desenvolvimento, em Marraquexe, referiu que esta será «a grande questão dos próximos anos na relação Europa e África», em declarações à agência Lusa.

«É fundamental trabalhar em conjunto para a promoção de formas e mecanismos de migração legal e segura, a única forma de reprimir o tráfico de seres humanos e mecanismos de migração ilegal», afirmou o Ministro, considerando uma grande responsabilidade, a escolha do País para integrar o comité de direcção de aplicação do novo plano de cooperação União Europeia e África no domínio das migrações.

A Conferência, da qual resultou a Declaração de Marraquexe, juntou 52 países - 25 europeus e 27 africanos -, além de organizações como a ONU, a Comissão Europeia e a Comunidade Económica dos Estados de África Ocidental.

 

Portugal 2030 contempla integração de imigrantes

Em relação ao plano de acção aprovado para 2018-20, em que Portugal será um dos cinco países do lado europeu no comité de aplicação, Eduardo Cabrita realçou que os países do Magrebe são essenciais para a segurança da União Europeia, já que representam países de trânsito de migrantes, mas também de destino.

«É preciso reforçar o apoio ao desenvolvimento, que é a melhor condição para travar a imigração ilegal, e coordenar um plano de segurança para a repressão da imigração ilegal e tráfico de pessoas, estabelecendo mecanismos de migração legal», disse o Ministro."

De pravda-tv

 

Segundo as diversas fontes europeias,  a UE (excepção foi a Hungria) em conjunto com a Suíça e Noruega, pretendem deixar entrar legalmente na Europa entre 200 a 300 milhões de africanos. Uma das portas de entrada em larga escala ficará em Espanha.

 

A Europa tem tido valores de baixa natalidade, exceptuando a França e a Inglaterra. E segundo Ettore Gotti Tedeschi, perito em ética nas finanças e ex-director geral do Banco do Vaticano - IOR, afirmou durante a primeira palestra em "João Paulo II Academia para a Vida" que o descalabro demográfico e económico do Ocidente foi planeado pela "elite", com o intuito de os países abandonarem completamente suas soberanias. Diz ainda, este plano ser do conhecimento de todos os decisores de todos os países ocidentais.

De sapo24

 

Qual é o plano afinal da UE?
Segundo as diversas fontes europeias, Bruxelas visa substituir os nativos europeus por africanos. Desse modo, o último bastião de soberania que possa existir na Europa poderá ser amolecido não só com a invasão de africanos, como também com os novos "mestiços".

Os políticos raramente pensam nas consequências dos seus actos, testando assim a paciência dos seus cidadãos. Impactos que advirão com esta decisão política em Marraquexe junto das populações europeias? A concretizar-se esse plano, ao que tudo indica ele já está em marcha, as rendas/reformas/pensões/salários irão baixar ainda bastante mais, mais conflitos entre nativos e estrangeiros, mais descaracterização duma Europa habituada a altos padrões de vida materialista e cultural.

Normalmente e numa democracia, o povo seria consultado por plebiscito/referendum antes da tomada de tão impactante decisão política. Porém, a UE não é de modo algum uma democracia, nem o presidente (Juncker) nem a sua Comissão Europeia foram votados/eleitos/elegidos pelos povos, e, com base no seu passado Bruxelas não aprecia plebiscitos. Basta verificar o que aconteceu com os ditos plebiscitos na Irlanda, em/na França, na Holanda e por último com o Brexit.

 

Quem vai receber os africanos?

Com base nas últimas reacções de 2017/2018, a Hungria está de fora, os países eslavos opôem-se à recepção de estrangeiros, as populações da Alemanha e da Áustria mostram-se cada vez mais renitentes em receber mais estrangeiros e os escandinavos estão a ficar saturados de tanta "invasão" associadas a aumento de criminalidade. Sobra pois para a parte Oeste da Europa.

Boa sorte.

 

E quanto a África?

Enviando os emigrantes para a Europa, irá livrar-se de uma parte da sua população que não para de crescer, - calcula-se que em 30 a 50 anos a população africana poderá superar a asiática - e os governantes africanos receberão em troca dinheiro de Bruxelas, i.e. dos contribuintes europeus.

Na África do Sul, neste país tem-se intensificado os crimes contra brancos (lei da causa-efeito, antes eram os brancos que usavam e abusavam dos nativos), muitos deles judeus que estão a emigrar ou pensam em fazê-lo, não para Israel ou para a Europa mas sim para a Rússia. As primeiras centenas de brancos judeus já o fizeram há poucas semanas, seguirão mais uns milhares.

 

E quanto à Europa?

Chegam-nos notícias e informações de cada vez mais alemães, austríacos e suíços emigrarem para o Paraguai e Rússia. Mais levas seguirão.

 

E assim vai o presidente da Comissão da UE e a respectiva Europa (UE), Juncker que já antes tinha/teve problemas com a bebida no Luxemburgo:

 

 

Fontes:

consilium.europa

Die Freie Welt

ec.europa
Fabrice Leggeri

Hadmut Danisch

Michael Klein

michael-mannheimer

Richard Nikolaus Coudenhove-Kalergi (PAN-Europa)

portugal.gov

Pravda-TV

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos


8 comentários

De Anónimo a 16.07.2018 às 09:04

Bem hajam pela notícia verdadeira. Em Portugal nada nas notícias senão as mentiras habituais. Na Suíça onde moro já sabia dessa notícia que é uma bofetada e escarro dos governantes dos países sobre os cidadãos.
Os governantes não passam de tipos corruptos e nuteis, grandes psicopatas ao serviço das multinacionais e de interesses estrangeiros.

De Anónimo a 16.07.2018 às 11:22

Sempre tudo cambalachos feitos pelos políticos nas costas dos povos, o costume.

De Anónimo a 16.07.2018 às 15:25

mas pq andamos a votar nestes tipos se passam a vida a enganar o povinho??

De Anónimo a 16.07.2018 às 11:42

os humanos como joguete nas mãos desses trafulhas dos politicos

De Anónimo a 16.07.2018 às 13:11

A política e seus politiqueiros da treta são uma farsa desta pseudo-democracia que grassa na UE. Pagar aos governos africanos para desalojar os africanos para os enviar aos milhões para a Europa mostra bem que governos na UE nós temos. Não dou um tusto por estes governos da treta que passam o tempo a tentar manipular-nos.

De Anónimo a 16.07.2018 às 14:15

Esses desgovernos estão mesmo a pedi-las já havia poucos sarilhos na europa.

De Anónimo a 16.07.2018 às 15:58

Os políticos sempre falam lindas palavras para enganar o cidadão e esta Europa já não tem saída possível entrou em coma e esperemos que morra depressa ou mude de atitude.


Um chefe da Europa que sempre vive bêbado nas fotos e nos vídeos é sinal do fim dessa Europa decadente, bandida e fracota..

De Anónimo a 16.07.2018 às 17:51

Aqui na Inglaterra fala-va-se em 50 milhoes de estrangeiros que viriam para a europa e agora aumentaram ainda mais os números? Pah coisa de doidos varridos Portugal devia sair dessa cee enquanto e tempo.

Comentar post








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.