Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens


Comentários recentes

  • Anónimo

    As pirâmides enorme da Bósnia para além de serem g...

  • Anónimo

    Já verificaram como este verão está a ser um dos m...

  • Anónimo

    musica da boahttps://www.youtube.com/watch?v=rSFfa...


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Alemanha: Quem ganha mais vive mais tempo

Domingo, 22.05.16

A renda/rendimento influi/influencia na expectativa de vida: quem ganha mais vive mais. Esta tendência é mais clara se comparadas regiões com problemas estruturais a outras estruturalmente mais desenvolvidas.

O local onde se vive é um dos fatores determinantes da longevidade na Alemanha. As pessoas de Pirmasens, um antigo centro calçadista no sudoeste da Alemanha, por exemplo, vivem em média sete anos a menos do que as de Starnberg, junto ao lago de mesmo nome, na Baviera.

O levantamento se baseia em dados regionais colhidos pela parlamentar do partido A Esquerda Sabine Zimmermann junto ao Departamento Federal de Assuntos Urbanos e Desenvolvimento Espacial.

Pirmasens é lanterna

A cidade de Pirmasens enfrenta problemas estruturais e elevado endividamento, o que levou o estudo a concluir que lá as pessoas têm pouco dinheiro. A análise dos dados mostra ainda que a expectativa de vida também é curta em outras regiões com problemas, como no leste da Alemanha, na região do Ruhr e em partes do Sarre e da Francônia.

Isso fica claro principalmente na expectativa média de vida dos homens. Em Pirmasens, com 73 anos, é a mais baixa na Alemanha. Já a mais alta é a dos moradores de Starnberg: 81,3 anos. Seguem-se os do distrito Hochtaunuskreis, perto de Frankfurt e Munique (80,9 anos em ambos) e Böblingen (80,8).

Para as mulheres, a expectativa de vida geralmente é mais elevada do que para os homens. E também na Alemanha ela apresenta variações de acordo com a região: a expectativa média de vida das moradoras de Pirmasens é a mais baixa da Alemanha, com 77,1 anos de idade, enquanto as mulheres ficam mais velhas no distrito de Breisgau, na Floresta Negra: 85 anos.

Ricos vivem melhor e por mais tempo

Também estudos do Instituto Robert Koch comprovam que a expectativa de vida tem relação direta com a renda. Se dividirmos a faixa de rendimentos em cinco grupos, a diferença na expectativa média de vida do mais pobre ao mais rico será de 10,8 anos para os homens. Para mulheres, a diferença é de 8,4 anos.

O instituto vê também uma ligação entre saúde e status social. Pessoas pobres ou de baixa renda sofrem com maior frequência de doenças graves como enfarte, derrame, diabetes e doença pulmonar crônica. Ou seja, determinantes não são as condições meteorológicas ou a quantidades de dias de sol em uma região.

Ministério da Saúde adverte para a prevenção

Em resposta a um questionamento dos deputados do partido A Esquerda, o Ministério da Saúde disse que "diversas medidas do governo alemão visam a melhorar a equidade no setor da saúde". Ele lembrou que em 2015 entrou em vigor a Lei de Prevenção, que obriga planos de saúde a oferecer serviços específicos para prevenir doenças e melhorar a saúde.

Por outro lado, o ministério também reconhece que "a expectativa de vida mais elevada em uma região está associada a melhores condições socioeconômicas". As causas para isso seriam desigualdades no sistema de ensino, mas também o tabagismo, a alimentação e os exercícios físicos, além de diferenças nas condições de vida e de trabalho.

"Pobreza é herdada"

De acordo com a parlamentar Zimmermann, a pobreza e as más condições de saúde são passadas de uma geração à outra. Pessoas de menor poder aquisitivo sofreriam com maior frequência de problemas crônicos e também psíquicos, como a depressão.

"Para mudar isso, é preciso mais do que programas de prevenção de doenças", disse a deputada. Seria necessário um amplo combate contra a pobreza e condições de vida insalubres, por exemplo com salários mais altos e melhores condições de trabalho para quem ganha pouco.

Caso contrário, adverte: "Quem ganha pouco continuará executando trabalhos pesados e insalubres com maior frequência, sofrendo com excesso de barulho e poluição do ar, não podendo se alimentar tão bem e morrendo mais cedo do que pessoas com rendimentos mais altos."

 

Fontes:

RW/dpa/dw

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.