Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens


Comentários recentes


Notas





BPT



O meu ideal de ecoaldeia

Quarta-feira, 06.01.16

O documentário "Ein Neues Wir", mostra claramente de quantas maneiras diferentes podem existir várias comunidades ou até mesmo ecoaldeias para se viver. Quem optar pelo tópico, deve estar consciente e em primeiro lugar das suas próprias necessidades, para tudo ficar mais claro, porque cada forma de vida é um individuum , assim como todos nós. A gama do moderno termo "comunidade" é enorme e varia desde as casas para estudantes "campus"  até à co-habitação, etc.,  a diversos projetos das câmaras municipais passando pelas modernas ecoaldeias. 

 

Qual é então o meu conceito ideal de ecoaldeia, depois de ter visto as filmagens "Ein Neus Wir" e seus diferentes  projetos, apresentados no víd mencionado? 

 

Pessoalmente, o meu ideal de ecoaldeia combina as vantagens do estilo de vida em comunidade, com os benefícios do individuum e estilo de vida privada/particular. Aqui a estrutura desta eco-comunidade está configurada para que cada uma família (almas) tenha à sua disposição aprox.1 a 1,5 ha de terra disponível para lá criar o seu "espaço de amor"* e para se tornar proprietário** deste espaço. Além disso, existe o centro da ecoaldeia, que tal como pelo usucapião, posse colectiva e a comunidade utiliza para diversos efeitos, como escola Waldorf ou Schetinin, para festas e bailes e para reuniões da comunidade, assim como filmes e apresentações, seminários, trocas culturais, artesanato e venda de alimentos biológicos, ciberrede/internet, cursos, ferramentas de uso comum, local de trocas e muito mais. Existem instalações de uso comum e até de aparelhos, como por exemplo máquinas de lavar, um auditório,  etc. Aqui é o lugar para atividades comuns, local de exercícios físicos quando o tempo não permite ao ar livre,desporto, ou apenas para conversas à lareira em dias frios com outros residentes. Aqui estão apresentadas as vantagens da vida em comunidade. Não há datas para refeições comuns, (podendo no entanto ter lugar quando os moradores organizarem algo nesse sentido), de preferência algo  espontâneo, por exemplo piquenique no meio da natureza.

 Os carros ficarão estacionados de preferência do lado de fora da ecoaldeia, haverá uma partilha de carros para compras quando necessárias e para outros assuntos inevitáveis.

 

A coesão destas pessoas nesta ecoaldeia, fundamenta-se na partilha de valores comuns e plenos de visões de luz e aspirações de toda a criação. "Amor por tudo" é o alicerce e a motivação partilhados por essas pessoas nessa ecoaldeia. 

 Eu acho que a vantagem deste modelo é por permitir aos indivíduos e famílias uma grande liberdade. Uma vez que cada família de (almas) possui seu próprio habitat, espaço aberto, "o espaço do amor", não é preciso gastar energia com coisas menos relevantes para discutir, como p.ex. " Queremos semear os pepinos aqui e agora, ou acolá?" E finalmente, não será então necessária uma hora de discussão, porque 50 pessoas por experiência e naturalmente, têm uma opinião diferente. 

 

Na minha ecoaldeia ideal,  os seres humanos que vivem lá, de um modo geral concordam, em praticar agricultura biológica, a sustentabilidade, bio-diversidade, com seres humanos de diferentes nacionalidades, o respeito e o cuidado por todas os  seres vivos, ecologia, energias alternativas, medicinas alternativas, reciclagem quando necessária, consumo mínimo de produtos  "civilizados", etc.

 

Assim os habitantes gozam de uma grande liberdade, de paz e de individualidade, enquanto ao mesmo tempo têm o privilégio de experimentar terem vizinhos e amigos de concepções/ideias semelhantes, com quem desejamos colaborar, partilhar e celebrar, sempre que assim pretendermos. 

 

As famílias-(Almas) podem criar um oásis paradisíaco no seu espaço de 1 - 1,5 ha, em estreita cooperação  natural com plantas e animais. Este espaço oferece uma grande variedade de árvores de  frutos e de nozes, bagas, arbustos, hortaliças, cogumelos, plantas medicinais e flores, para embelezar a nossa vida e proporcionar abundância. Tudo neste espaço de amor, estará lá para servir e amar os seres humanos que lá vivem, desde as flores e insectos, até às maiores árvores e animais. É o lugar perfeito para a sua própria evolução de auto-realização, para assim se tornar o melhor Homem que podemos ser.

 

Claro, também poderá haver algumas desvantagens no meu ideal. Uma é precisamente ser necessário mais dinheiro para se comprar um grande terreno, pois menos de 1 a 1,5 ha não resulta. Outra é partilha necessária de recursos, pelo menos até um certo grau. Assim, seria mais eficiente e com menos custos, caso optasse por uma maior habitação ou casa familiar ou até prédio de apartamentos com lavabos, casa de banho, cozinha, etc em que tudo fosse partilhado. No entanto, esta desvantagem é logo compensada, devido ao estilo de vida muito simples das várias pessoas no meu ideal de aldeia. . E, como já acima mencionado, há ainda um número significativo de recursos na ecoaldeia que poderão ser partilhados. 

Outra possibilidade é conseguir encontrar um benemérito, que pretenda doar a sua propriedade para este efeito ou ainda existe a possibilidade por usucapião

 De forma breve e concisa os factos sobre meu ideal de ecoaldeia:

- Aprox. 15 a 150 hectares de terreno para cerca de 12 a 144  propriedades familiares individuais 

- Cada uma propriedade/espaço familiar individual (1 ha – 1.5 ha)

− Aprox.1 ha de área comum no centro da ecoaldeia

− Propriedade Individual do terreno para a sua propriedade familiar individual

− Propriedade comum do centro comunitário

− Valores comuns partilhados: "Alimentos-Paz" ***, sustentabilidade, crescimento espiritual, autonomia, ecologia, etc.

− Qualquer participação na comunidade é voluntária e portanto feito de livre vontade

− Outros valores partilhados: almejar a "auto-suficiência", estilos de vida próximos e coerentes com Gaia, etc.

− Ensino doméstico - Escolarização para as crianças

− Inspiração para outras pessoas através da nossa vida simples,feliz e saudável

− Tecnologias e sistemas de energia sustentáveis, casas de banho e lavabos ecológicas, compostagem, reciclagem, artesanato e artes, etc.....

− Utilização conjunta de uma variedade de recursos, tais como máquinas de lavar, equipamentos de comunicação, computadores, carros, etc...

− Período de estágio para iniciantes por um determinado período de tempo 

 

*Espaço de amor é uma criação de Wladimir Megre. Ele aborda nos seus livros esta questão sobre espaços ou propriedade familiares individuais. Precisamente como forma de expressão individual e espiritual. 

 

** Se alguém resolver deixar a aldeia, é claro, esse espaço familiar individual não será vendido, mas sim entregue a quem assim o desejar. Todos os membros da aldeia deverão concordar com a entrada do novo vizinho.

 

*** Como "Paz-Alimento", entendo por alimentos isentos de qualquer tipo de violência. Por isso é preferível o cultivo e uso de alimentos de origem vegetal. A única excepção poderá ser eventualmente o mel, desde que de colmeias adequadas, porém 99,99% da maioria das colmeias só visam o lucro e não vêm as abelhas como seres preciosos e divinos que são para a humanidade. Segue-se uma imagem de colmeia adequada, para além que deverão nas proximidades e em grande número flores biológicas. A vantagem desta colmeia, entre outras vantagens, é o facto de o apicultor só poder retirar mel até onde a sua mão alcançar.

 

 Fontes:

Imagens:

NEUE ERDE

oekodorf

Stefan Lobo, do "Ein Neus Wir" 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos


4 comentários

De belisa a 16.01.2016 às 00:11

Lindas eco-aldeias gostava de habitar uma delas!

Comentar post