Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    musica da boahttps://www.youtube.com/watch?v=rSFfa...

  • Anónimo

    boa musica tradicional, natureza e harmoniahttps:/...

  • Anónimo

    interessante


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

Para um relacionamento amoroso e feliz

Sexta-feira, 08.07.16

 

A lei da semelhança 
Frequentemente, atraímos para nossas vidas aquelas pessoas que são um reflexo de nós mesmos. Quando não gosta do que está ao seu redor, você se foca em sua alma. Se você acha que tem a sorte de conhecer pessoas boas, é porque você também é assim. Por isso, se deseja atrair alguém digno, precisa se comportar com a mesma dignidade.

 

A lei da causa e efeito
Nós recebemos aquilo que damos. Trate seu parceiro ou parceira da forma como gostaria de ser tratado. 

A lei do amor
Todos precisamos muito do amor. Amor é aceitação, sinceridade, carinho, querer cuidar do outro, ser generoso, responsável e confiável. Quanto mais você demonstrar estas qualidades, mais irá recebê-las em troca. Já as demonstrações de medo, ciúmes, dependência, manipulação, controle e reprovações só destroem as relações, e não têm nada a ver com amor.

 

A lei do poder da palavra
Todas as palavras têm certo poder. Uma palavra pode curar, mas também pode matar. Cuidado com o que diz. Os clichês, as ofensas e as reprovações criam feridas na alma, daquelas dificeis de serem curadas. Possuem um efeito irreversível, pois na alma de cada pessoa vive uma criança que tem medo de ser rejeitada. Não subestime, portanto, sua capacidade de magoar. Use o poder da palavra para o bem, para elogios, aprovações e apoio.

 

A lei da confiança
Confiança é um elemento vital. Sem ela, o ser humano passa a ser alguém sempre desconfiado, ansioso e cheio de medos. Os ciúmes são o medo da solidão, a baixa autoestima e a falta de amor próprio.

 

A lei da sinceridade
Seja sincero. O amor não é algo imóvel, ele é como uma planta, que cresce e floresce, ou que murcha e morre. Tudo depende daquilo que fazemos com ela. A comunicação sincera é como a água, sem a qual a planta não sobrevive. Partilhe seus desejos, sentimentos e emoções com seu parceiro. Diga o quanto o admira e valoriza. Não tenha medo de dizer «Eu amo-te». Não tema elogiar o outro. Elogios sinceros são como o sol para a planta: eles darão nova vida ao seu relacionamento. 

 

A lei da entrega
Amar significa entregar ao outro uma parte de você mesmo, sem cobrar nem impor condições. Se quiser receber amor, deve entregar amor. Quanto mais você dá, mais você recebe. Amor é como um bumerangue: sempre retorna. Pode ser que ele não volte a partir da pessoa para quem você deu, mas ele sempre retorna. E volta maior ainda.

Ao mesmo tempo, é importante lembrar que temos reservas ilimitadas de amor. Ele não acaba quando o entregamos. A única forma de se perder o amor dentro de nós é nunca partilhá-lo com os outros. Um dos motivos pelos quais as pessoas percebem o amor só de vez em quando é que elas esperam ser amadas antes. Isso lembra o músico que um dia disse: «Só tocarei alguma música depois que as pessoas começarem

a dançar». Ou esperar o calor de uma lareira antes de alimentá-la com lenha. O amor verdadeiro é incondicional, não pede nada em troca. A fórmula secreta para um relacionamento feliz é se ater não àquilo que pode receber em troca, mas àquilo que se pode dar. 

 

A lei das carícias
As carícias e os toques estão entre as demonstrações mais poderosas do amor, capazes de fortalecer os relacionamentos. Envolver-se fisicamente com alguém significa que você pode tocar sua alma. Talvez por isso, quando estamos irritados ou ofendidos, costumamos dizer: «Não me toque!». Abrace seu ser amado com frequência, ainda que seja sem uma conotação sexual. Às vezes, apenas segurar a mão já é algo muito poderoso.

Um grupo de pesquisadores realizou uma experiência em uma clínica de Londres. O principal cirurgião costumava visitar cada um de seus pacientes na tarde antes da operação, para tirar dúvidas e explicar os planos do procedimento cirúrgico. Durante a experiência, o cirurgião segurava a mão de cada paciente durante o tempo em que falava com eles. Esses pacientes se recuperavam 3 vezes mais rápido do que os outros. Quando tocamos em alguém com carinho, toda a fisiologia se altera, tanto a nossa quanto a do outro: o nível das hormonas do stresse/estresse diminui, nós relaxamos e há uma melhora no nosso sistema imunológico e estado emocional. Acredita-se que, se não abraçamos ao menos 7 ou 8 pessoas por dia, ficamos mais propensos a desenvolver algumas doenças.

 

A lei da liberdade
Se você ama a alguém, deixe-o livre. Deixe o outro tomar suas decisões livremente, que viva como quiser, e não como você quiser. Todos nós precisamos de um espaço só nosso. As pessoas precisam de ser livres nos relacionamentos, pois, de contrário, se sentem presas. Se você ama de verdade, aprenda a valorizar os desejos e necessidades do ser amado. Nem sempre é simples deixar quem se ama ir embora, mas não há outra maneira de fazer as coisas. A sabedoria da vida diz que «quanto mais liberdade der ao seu parceiro, mais próximos ficam».

 

Fonte:

M. Murahovskaya

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos


1 comentário

De Tiago Gameiro a 22.07.2016 às 09:10

Existem as senhoras, existem as rainhas e existem as gajas, estas ultimas nem vê-las pois se comportam como prostitutas. Rainhas existem muito poucas na Tugalândia, tantas como os dedos de uma mão, senhoras também não abundam mas gajas são aos milhões e nem dadas eu as quero, nem que estivessem cobertas de ouro eu as queria.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.