Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

 

Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

subscrever feeds


Comentários recentes

  • Anónimo

    Já conhecia essa localidade e continua a ser inter...

  • Anónimo

    Pois mas aquilo não é uma mulher mas sim uma gaja ...

  • Anónimo

    Também acho.


Notas





BPT


Atenção: Este blogue, não visa substituir o seu técnico de saúde de sua confiança!

As informações contidas neste blogue não substitui de forma alguma a consulta de um profissional de saúde de sua confiança. Consulte sempre o seu profissional de saúde sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e bem-estar, bem como os seus tratamentos e outros. Embora sejam tomados cuidados para as informações contidas neste blogue estejam correctas, algumas informações nos artigos deste blogue podem conter erros dos mais variados aspectos, pelo qual este blogue não se responsabiliza de nenhuma forma. Somente uma visita física ao seu técnico de saúde lhe pode fornecer as informações e cuidados que melhor se adequam a si/vc. As informações contidas neste blogue não se destinam a serem usadas como um substituto ou aconselhamento profissional. Quaisquer dúvidas ou preocupações que você tenha sobre sua saúde devem ser discutidas com seu técnico de saúde. Por favor, note que a informação sobre a saúde está a mudar constantemente. Portanto, algumas informações podem estar desactualizadas. Os comentários publicados são da responsabilidade dos seus autores e dos leitores que dele fizerem uso. Os comentários não reflectem a opinião do blogue. Ao visitar este blogue você concorda com estes termos.


A cura

Paracelsus: "O que cura é o amor."

A viatura a hidrogénio H2

Segunda-feira, 29.10.18

O assunto não é novo e está no horizonte uma disputa entre grandes nomes do mundo da tecnologia e, acima de tudo, grandes marcas do sector automóvel. Quem vingará como a alternativa real aos combustíveis fósseis, será o hidrogénio ou a energia solar?

De pplware.

 

A investigação tem evoluído de forma muito célere. O tempo urge e há uma necessidade crescente para substituir a gasolina e o gasóleo. A solução mais “verde” parece ser o hidrogénio, esta será uma das soluções para reduzir as emissões de CO2 na estradas. Um projecto europeu de investigação está em pleno andamento para incentivar o desenvolvimento desta tecnologia. 

 

Há imensos projectos para tornar o hidrogénio numa fonte limpa, barata e praticamente inesgotável de combustível.

A Mercedes-Benz, assim como outros fabricantes de automóveis, apresentou já projectos e veículos movidos a células de combustível. Há inclusive equipas de investigação que estão a evoluir no processo de libertar o hidrogénio da água do mar de forma muito mais barata e eficiente do que os métodos existentes. Mas isto não está só no campo do mundo automóvel nem é uma pretensão do agora. 

 

Mercado automóvel será o impulso do Hidrogénio
Actualmente, existem apenas algumas centenas de veículos a hidrogénio na Europa. A Dinamarca está a abrir caminho e é o primeiro país com uma rede nacional de estações de abastecimento – existem 10 estações de hidrogénio estrategicamente colocadas em todo o país.

O objectivo do projecto é criar, dentro de dois anos, aproximadamente cinquenta estações de abastecimento de hidrogénio na Europa. O número de veículos em circulação também deve duplicar. Os automóveis a hidrogénio possuem determinadas vantagens:

A condução é muito suave, o motor não faz ruído. Em termos de vantagens é possível manter os padrões do motor de combustão de um carro normal. O depósito demora entre 3 a 6 minutos a encher e tem uma autonomia de 4 até 600 kms”,
Refere Tejs Laustsen Jensen, directo executivo da Hidrogénio Dinamarca.

 

Um dos desafios é produzir hidrogénio ecológico, a partir de fontes renováveis. A tecnologia já existe, como em Sheffield, no Reino Unido. Segundo Ben Madden, coordenador do projecto H2ME: “a maior parte do hidrogénio que temos hoje provém de combustíveis fósseis, mas quando pensamos em utilizar hidrogénio na mobilidade e nos transportes, as fontes de produção devem ser ecológicas. É possível ligando um cabo directamente a partir da fonte de produção e depois ao veículo”.

A pesquisa está bem encaminhada para melhorar a eficiência dos dispositivos que separam a água em dois elementos: hidrogénio de um lado e oxigénio do outro. O hidrogénio é então purificado e pode ser armazenado no local.

É possível produzir hidrogénio quando há um excedente de electricidade, quando o custo é menor e quando é mais “verde”. É possível fazê-lo em qualquer lugar, por exemplo na estação de abastecimento. Para além disso, o armazenamento de hidrogénio evita a necessidade do transporte do combustível.” Refere Charles Purkless da ITM Power

O desafio também está relacionado com os custos – que são mais elevados do que os veículos e do que os combustíveis convencionais. Os investigadores esperam que, por volta do ano 2025, os custos associados ao abastecimento de um veículo a hidrogénio sejam equivalentes a um veículo a gasolina ou a diesel. Este é sem dúvida o objectivo até porque será a premissa para conquistar as massas. 

 

Poderá nascer um “novo” híbrido
Este método não será a única fonte de energia limpa, o mercado está fortemente posicionado para outras alternativas. Poderá mesmo haver um novo conceito de “híbrido” nas estradas, embora que todas as fontes de energia serão ecologicamente aceitáveis.

O futuro veículo será uma mistura entre bateria e hidrogénio e já existem híbridos na estrada, etc… Creio que vamos ver todas as soluções, mas primeiro é preciso competir contra as tecnologias fósseis.
Conclui Tejs Laustsen Jensen.

O olhar para o futuro permite-nos exercitar a ideia para que daqui a dez anos possamos ter centenas de milhares de automóveis a hidrogénio nas estradas europeias.

 

Obs.
Viaturas movidas a água ou seja hidrogénio são muito mais baratos e económicos que outras viaturas, mesmo em relação aos carros eléctricos. Além disso um carro a água/hidrogénio não polui ao contrário de um carro eléctrico que usa electricidade gerada por centrais nucleares ou de produção a carvão ou outra fonte fóssil.

O carro movido a água, i.e. hidrogénio seria o carro do futuro desde que tivesse um painel solar, - fotovoltaico - a cobrir a viatura, desse modo o dono da viatura seria independente de todos os intermediários que fornecem os combustíveis fósseis. O painel fotovoltaico serveria para produzir hidrogénio, a partir da água que seria colocada no reservatório da viatura, água essa que poderia ser qualquer uma, do rio, fontes de água, poderia até ser suja que o filtro da viatura iria filtrar as partículas na água. Imaginem quanto se pouparia em combustível. Além disso o ambiente seria poupado, pois o que sai do escape da viatura é praticamente água.

 

CARRO MOVIDO A ÁGUA SALGADA

CARRO ELÉCTRICO PARA ÁFRICA CUSTA MENOS DE 10.000 EUROS

CARRO VOADOR MUITO SEGURO

MOTA NO BRASIL ALCANÇA 500 KM COM APENAS 1 L DE ÁGUA

FUTURO? EMPRESA DESENVOLVE GASÓLEO/DIESEL FEITO APENAS DE AR (CO2) E ÁGUA

NOVIDADE: GERAR COMBUSTÍVEL POR FOTOSÍNTESE

TESLA: CARRO ELÉCTRICO PAGA MULTA POR SER NOCIVO PARA O AMBIENTE

CARROS MOVIDOS A ÁGUA SALGADA

MOTOR IMPOSSÍVEL FUNCIONA E DESAFIA TODA A CIÊNCIA

AUTOMÓVEL FEITO DE MATERIAIS BIODEGRADÁVEIS

 

De:

pplware

Autoria e outros dados (tags, etc)

A água é de todos








Ciência Iniciática

O espírito domina a matéria.